Euclides da Cunha

Monumento às bandeiras

Euclides da Cunha foi o primeiro bandeirante dessa ‘entrada’ nova pela alma da nacionalidade brasileira.

Afrânio Peixoto, Euclides da Cunha: o homem e a obra (Discurso de recepção na Academia Brasileira de Letras) em 15 de agosto de 1911. In: Poeira da estrada: ensaios de crítica e de história, São Paulo, W. M. Jackson, 1944. Ilustração: Monumento às bandeiras, de Victor Brecheret, Ibirapuera, São Paulo.