Brasil

E se como eu, pensas que somos desventurados numa farsa lastimavelmente triste; e julgar como eu julgo, que este país é organicamente inviável; e se, comigo chegaste — rigorosamente, como no final de um teorema — à conclusão desanimadora de que chamamos política a uma grande conspiração contra o caráter nacional — se tudo isto é exato, estamos ainda formados, juntos, na mesma linha avançada e superior dos céticos que ao menos não terão desapontamentos e desilusões.

Euclides da Cunha em carta a Francisco Escobar, 25 de dezembro de 1901.

Vitória

Avenida Central na altura da Rua do Ouvidor

Venci por mim só, sem reclames, sem patronos, sem a rua do Ouvidor e sem rodas.

Euclides da Cunha em carta ao pai, 25 fev. 1903. Foto: Marc Ferrez. Avenida Central na altura da Rua do Ouvidor, com rua Miguel Couto, Rio de Janeiro, c. 1906. Coleção Gilberto Ferrez, Acervo Instituto Moreira Salles.