trabalho

Folivora, conhecida popularmente por preguiça, bicho-preguiça, aí, aígue e cabeluda

Num país em que toda a gente acomoda a sua vidinha num cantinho de secretaria, ou numa aposentadoria, eu estou, depois de haver trabalhado tanto, galhardamente, sem posição definida! Reivindico, assim, o belo título de último dos românticos, não já do Brasil apenas, mas do mundo todo, nestes tempos utilitários! Julgo, entretanto, que hei de arrepender-me muito, mais tarde, desta vaidade…

— Euclides da Cunha em carta a Oliveira Lima, 25 de maio de 1908