Euclides entre Coelho Neto e Goulart de Andrade

Euclides entre Coelho Neto e Goulart de Andrade

Euclides (à dir.) com Coelho Netto (ao centro) e Goulart de Andrade, saindo do Cine Ouvidor, Rio de Janeiro, [ago. 1909]. Reprod. de A Tribuna, RJ, 14 ago. 1909. Segundo Felipe Rissato (Iconografia de Euclides da Cunha [excerto]. In: Seminário Internacional 100 anos sem Euclides, Cantagalo, Rio de Janeiro, set. 2009.), “assistiram ao filme de faroeste A noiva do mexicano (também intitulado A noiva do cowboy, de D. W. Griffith). Rio de Janeiro, 13 ago. 1909. Foi esta a famosa ocasião em que, ao ver no filme o marido ultrajado vingar-se a tiros, Euclides levantou-se e bradou: É assim que eu compreendo! Esta foi sua última fotografia feita em vida.”

Euclides entre Coelho Neto e Goulart de Andrade